cntaros.jpg

O concelho de Celorico da Beira localiza-se no extremo norte da serra da Estrela, entre os concelhos de Fornos de Algodres (a oeste), Gouveia (a sul), Guarda (a este) e Trancoso (a norte). Integrado no distrito da Guarda, este concelho ocupa uma superfície de 249,93 quilómetros quadrados distribuídos por 22 freguesias, onde residem 7 695 habitantes (Censos de 2011).

A vila de Celorico da Beira situa-se na vertente setentrional da serra da Estrela, num esporão granítico sobranceiro ao vale do rio Mondego, a uma altitude de cerca de 550 metros.

Em Celorico recomenda-se a visita ao castelo e às muralhas (MN), às igrejas de Santa Maria (IIP) e da Misericórdia, aos solares brasonados, a um interessante conjunto de janelas manuelinas e, ainda, ao Solar do Queijo e ao Museu do Agricultor e do Queijo.

O concelho é atravessado pelo rio Mondego, de leste para oeste, numa extensão de 22 quilómetros. Para além da vila, as suas águas atravessam as freguesias de Açores, Lajeosa do Mondego, Ratoeira, Baraçal, Forno Telheiro e Jejua.

1 - Castelo de Celorico da Beira 2  Rio Mondego

 Castelo de Celorico da Beira

 Rio Mondego

A localidade mais emblemática é Linhares da Beira, classificada como Aldeia Histórica. Do edificado destacam-se o castelo (MN), o pelourinho (IIP), a janela manuelina da Casa do Judeu (IIP) e a igreja matriz de Nossa Senhora da Assunção (IIP). Nesta localidade está sedeada, desde 1993, a Escola de Parapente do INATEL.

3  Linhares da Beira 4  Castelo de Linhares da Beira

 Linhares da Beira

 Castelo de Linhares da Beira

Aconselha-se, ainda, a visita às localidades de Forno Telheiro e Açores, onde poderá ver os pelourinhos (IIP) e as igrejas matrizes.

(MN) - Monumento Nacional, (IIP) - Imóvel de Interesse Público

Categoria: O que visitar