lacerta-monticola-2.jpg

Poço do Inferno

Neste local, a ribeira de Leandres, afluente da margem direita do Zêzere, atravessa uma zona de relevo acidentado, onde o granito contacta com a corneana, rocha de menor resistência à erosão, formando uma cascata com cerca de dez metros de altura, que torna este local um dos pontos mais visitados da Estrela.

 

Vale glaciar do Zêzere

Com um traçado retilíneo numa extensão de cerca de oito quilómetros, é o maior dos vales glaciares da Estrela, apresentando um perfil transversal em forma de U, típico destas formas de relevo. No pico da última glaciação, o glaciar do Zêzere terá atingido um comprimento de 13 quilómetros e, em alguns locais, uma espessura de 300 metros. A grande profundidade do vale é o resultado da ação fluvial durante os períodos pré e interglaciários, tendo a forma em U sido modelada pelo gelo durante a última fase glaciar.

11  Poço do Inferno 12  Vale Glaciar do Zêzere 13  Vale Glaciar do Zêzere

 Poço do Inferno

 Vale glaciar do Zêzere

 Vale glaciar do Zêzere

Categoria: O que visitar